Selo “Clean & Safe”

Com o objetivo de promover o nosso país como destino seguro do ponto de vista de cuidados com a propagação do vírus, promovendo uma atuação coordenada por parte dos diversos intervenientes do setor, o Turismo de Portugal criou o selo “Clean & Safe” que já pode ser atribuído a empreendimentos turísticos, empresas de animação turística e agências de viagem. Para a sua preparação, o Turismo de Portugal contou com a colaboração da AHP, que prontamente se disponibilizou para apresentar os seus contributos.

Através desta iniciativa, pretende-se a sensibilização das empresas para os procedimentos mínimos a adotar, incentivando assim a retoma do setor e renovando a confiança em Portugal, como destino turístico. O Selo “Clean and Safe” é gratuito e opcional, e tem a validade de um ano.

Quais os requisitos?

  • A partir das recomendações da Direção Geral de Saúde, as unidades hoteleiras terão que implementar um protocolo interno que contemple a higienização que pode garantir a necessária segurança ao nível dos procedimentos, enquanto reduz os riscos de contágio;
  • Os requisitos a cumprir, por parte dos empreendimentos turísticos, já se encontram reunidos num documento (em PT e EN) que poderá ser consultado na página do Turismo de Portugal.

Quais os procedimentos?

  • Depois de submetida a Declaração de Compromisso, as empresas que garantirem o cumprimento do conjunto de disposições nele presentes, ficam com a possibilidade de utilizar o Selo “Clean & Safe”, tanto nas suas instalações físicas, como nas redes sociais e nos canais e plataformas de venda.

O Turismo de Portugal, em articulação com as entidades competentes nesta matéria, prevê a realização de auditorias aleatórias aos estabelecimentos aderentes.

Perguntas Frequentes sobre o Selo “Clean & Safe”

Consulte as FAQs do Turismo de Portugal sobre o Selo “Clean & Safe”.

Parceiros

A Associação da Hotelaria de Portugal está neste momento a compilar uma lista de parceiros que poderão ajudá-lo a preparar-se para a obtenção do Selo “Clean & Safe”, sendo que a mesma pode ser consultada aqui.